Política de privacidade

Estes dados são registados informaticamente e destinam-se única e exclusivamente para contacto por parte desta entidade.

Artigo

Dicas e Testemunhos

Eu sou do tempo das gemadas

Por Marco Luís

19.09.2020 | 0 Comentários | 0 Likes

Eu nasci numa época onde, para além de não haver internet, a falta de informação era muita, sendo que a pouca informação que havia vinha dos nossos antepassados e seguia geração após geração como algo a cumprir religiosamente. Ou seja, não havia evolução nos tempos, se o nosso trisavô o fazia nós dávamos continuidade. Nesta mesma época nossas mães tinham por hábito preparar-nos gemadas para sermos crianças mais fortes, gemadas estas feitas com ovos inteiros e açúcar.
Açúcar? Ovos crus? Salmonela? Colesterol? São estas as questões colocadas hoje acerca da gemada. Naquela época limitávamo-nos a ingerir pois era algo que já os nossos antepassados faziam e por consequência eram fortes e saudáveis. Será que a evolução dos tempos e o aparecimento do Dr.Google veio ajudar ou apenas confundir e complicar as nossas questões? Pois nos dias de hoje se vamos pesquisar sobre gemada, nuns artigos vai dizer que é saudável e fortificante noutros diz que é uma bomba de colesterol, açúcar e possível salmonela que nos pode colocar no hospital.
Portanto, com toda esta tecnologia só ficamos mais confusos e até desinformados. Mas em 1994 nasceu a empresa Derovo Portugal e dois anos depois deu início a produção de vários produtos derivados do ovo, e todos eles pasteurizados, fazendo com que os mesmos pudessem ser ingeridos sem cozinhar sem ter qualquer risco de contaminação por salmonelas. Eles produzem todo o tipo de produto derivado do ovo: ovo inteiro líquido, gemas inteiras, clara de ovo líquida, clara de ovo em pó, ovo cozido inteiro, bebidas proteicas à base de clara de ovo (FULLPROTEIN). Por isso, neste momento já podem fazer as gemadas que vossas mães vos faziam ser correr risco de contaminação, pois a Derovo tem todos os produtos derivados do ovo pasteurizados.

Mas mesmo assim alguns vão questionar a “gemada”. As gemas têm muito colesterol e alto teor de gordura? Sim o ovo divide-se entre gema e clara onde a clara é a menina perfeita composta de apenas proteína da mais alta qualidade e a vilã gema que ficou com as partes menos boas, ou seja, alto teor gordura, colesterol e muito mais calórica por consequência. Mas não seria melhor evitar as
gemas? Depende da situação, pois se estiveres numa dieta de extrema redução calórica é preferível usar só as claras, como em preparações para competições, mas numa dieta normal o nosso corpo também precisa de gorduras e é preferível ingerir as mesmas de um alimento natural do que através de alimentos processados. Ah, mas e o açúcar na gemada? O açúcar não é sempre tão maléfico como o pintam, pois existem momentos como por exemplos após treinos de alta intensidade, em que ele é crucial para recuperação e reposição de glicogénio. O açúcar é um hidrato de carbono de absorção rápida e como tal o combustível ideal para nosso corpo e cérebro, mas como tudo na vida tem o seu momento certo ou ideal de usar. Concluo então que, a evolução nos tempos nos trouxe mais conhecimento, variedades e opções, mas as nossas tradições continuam a funcionar mesmo numa era cibernautica.

Fisiculturista
Marco Luís

Campeão Nacional Wabba 2019

3.º Lugar Hercules Olympia 2019

1.º Lugar Power Expo 2019 Masters

1.º Lugar Power Expo 2019 Bodybuilding

Gostei do artigo
0

Gostou deste artigo?

Partilhe com os seus amigos!

Deixe a sua opinião