Política de privacidade

Estes dados são registados informaticamente e destinam-se única e exclusivamente para contacto por parte desta entidade.

Artigo

Dicas e Testemunhos

Bem-vindos a Ovoembro

Por Luís Filipe Borges

06.11.2021 | 0 Comentários | 0 Likes

Mês de regressos. Ao escritório, ao palco, ao futebol, aos treinos (nomeadamente natação). Novembro começa por ser dos fiéis defuntos mas quem chega morto ao fim dele é este vosso escriba. Entre espectáculos, regresso ao convívio profissional com seres humanos de carne e osso, peladinhas entre amigos após quase dois anos de ausência, e tentar nadar um kilómetro em 40 minutos, estou incapaz de me recordar do próprio nome. Sinto-me como o Paulo de Carvalho: quis saber quem sou / o que faço aqui.

Chego a casa incapaz de agarrar o Tomé, que está a tentar bater o recorde guiness de bebé mais rápido de todo o sempre a rastejar por uma sala inteira. Salvam-me, como habitual, os ovos – mexidos, cozidos, escalfados, fritos, benedict, em gemada, ou simplesmente atirados pela minha mulher a ver se me acorda. Estou atrasado para um check-up (cerca de 3 anos, mais coisa menos coisa) e desconfio que as minhas análises ao sangue vão acusar Full Protein, variantes banana e morango. Se espirrar, sai batido.

No meio da agenda caótica há um excelso bebé que só conhece duas velocidades: ou super-mega-fofinho-reizão-desta-cena-toda, ou filho perdido de Lúcifer. O puto parece ser alimentado a pilhas Duracell, com curtas pausas nocturnas somente, decerto para recarregar. Maneiras que, cada vez que ouço um casal dizer “ai o nosso é um anjinho, dorme 18 horas, por dia, até temos de acordá-lo para dar de comer”, só me apetece separar-lhes as cabeças dos corpos e usar os respectivos crânios como cinzeiro e penico. Nota-se muito que estou relativamente enervado?

(pausa para respirar fundo)

E nota sobre a natação: dizem que é o desporto mais completo de todos, e até acredito. Mas na verdade só o pratico porque é a única actividade que não origina suor. Ou se calhar sim mas nem eu nem ninguém nota. Acho é inadmissível que não me deixem levar ovos cozidos na touca. Podia fazer um snack quando estivesse sem fôlego, e ainda parecia o rato Mickey. Pelo menos o Tomé ia-se rir de certeza.

Comediante, Argumentista, Açoriano, Benfiquista (não necessariamente por esta ordem)
Luís Filipe Borges

Guarda-redes Amador

Nadador Incansável

Frequenta o ginásio com tremendo masoquismo

Gostei do artigo
0

Gostou deste artigo?

Partilhe com os seus amigos!

Deixe a sua opinião