Política de privacidade

Estes dados são registados informaticamente e destinam-se única e exclusivamente para contacto por parte desta entidade.

Artigo

Dicas e Testemunhos

3 é Demais (Salvo pelo o Ovo)

Por Luís Filipe Borges

14.05.2022 | 0 Comentários | 0 Likes

3 horas de sono, aeroporto às 5 e meia da matina, viagem para o Funchal, entrevista na rádio, entrevista na tv, duas horas de sono no hotel, corrida para o teatro, montar cenário e luz, soundcheck. Logo a seguir fazer uma italiana (calma, não é o que estão a pensar…); consiste em correr o texto do início ao fim, com as movimentações. Depois uma sandes e um café, vestir a roupa e micar. Ouvir o som do público a encher a sala, nervoso miudinho, um Full Protein de penalty, e arrancamos. São 19h30 em ponto e chegámos ao Centro de Congressos do Funchal com “3 é Demais – Segunda Dose”. Os três são amigos e colegas de há muito: este vosso escriba, o Marco Horácio e o António Raminhos. Há 6 anos fizemos “3 é Demais”, agora atacamos a sequela. Nesse tempo não havia Full Protein na minha vida nem este inédito: duas sessões no mesmo dia. Sim, às 21h30 voltamos ao mesmo palco, com nova sala esgotada. Menos de meia hora entre uma actuação e outra. Só iremos jantar à meia-noite, depois dormir 4 horas e regressar ao aeroporto. São 3 horas de show, no total, e o contador de passos do telemóvel está ao rubro. Pouquíssimo tempo na companhia de Morfeu e experiência para repetir, em breve, na cidade Invicta. Pergunto-me quantas calorias queimarei nesta azáfama, aos 44 anos, na correria entre tábuas do palco, corredores de aeroportos, recepções de hotéis, filas de segurança, regressos a casa. Como disse o filósofo Tony Carreira, “é a vida que escolhi”. Bendito ovo que me mantém ‘esperto’, como diria o meu avô paterno – agricultor de se levantar todos os dias com as galinhas e ir lavrar a terra. Viva o minuto presente, aquilo que interessa, o único que importa, viver – de facto – com as letras todas, em negrito, itálico e sublinhado, enquanto podemos, enquanto cá estamos, enquanto temos a força para fazer valer a pena. Espero ardentemente encontrar o leitor por aí, numa das salas do país. No entretanto, shots de gemada para todos.

Comediante, Argumentista, Açoriano, Benfiquista (não necessariamente por esta ordem)
Luís Filipe Borges

Guarda-redes Amador

Nadador Incansável

Frequenta o ginásio com tremendo masoquismo

Gostei do artigo
0

Gostou deste artigo?

Partilhe com os seus amigos!

Deixe a sua opinião